A Secretaria de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), divulgou as primeiras estatísticas do Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços e Intangíveis — Siscoserv.

O sistema foi criado com o objetivo de contribuir para o aprimoramento das ações de estímulo, formulação, acompanhamento e aferição das políticas públicas relacionadas a serviços e intangíveis, assim como para a orientação de estratégias empresariais ligadas ao setor.

O setor de serviços possui relevância ímpar para a economia brasileira representando aproximadamente 70% do Produto Interno Bruto (PIB) e respondendo por 78% dos empregos formais criados no país em 2013. Em 2013 (OMC, 2015) a corrente de comércio de serviços no mundo atingiu o patamar de US$ 9,02 trilhões. Estimativas da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) indicam que o comércio de serviços diretos e indiretos representam entre 50% e 60% do valor total do comércio exterior entre os países desenvolvidos. A participação dos serviços deve continuar a crescer no comércio internacional, sendo premente que o Brasil atue de modo a ampliar a competividade das empresas que atuam no comércio exterior de serviços.

Segundo o Secretário de Comércio e Serviços, Marcelo Maia, “com esta divulgação, a Secretaria pretende em primeiro lugar dar transparência aos dados registrados no Siscoserv em 2014 para contribuir com a compreensão do comércio exterior do Brasil. Além disso, queremos estimular a construção de políticas públicas eficazes para a alavancagem das exportações brasileiras e para o auxílio à internacionalização de nossas empresas”. O Secretário afirmou, ainda, que acredita que o Sistema desempenhará importante papel no monitoramento dos efeitos das políticas públicas implementadas pelo governo o que também contribui para o seu contínuo aprimoramento.

A divulgação das estatísticas do Siscoserv faz parte do compromisso da Secretaria de Comércio e Serviços em trabalhar articulada com o setor privado e com os demais órgãos da Administração pública para contribuir com a alavancagem do comércio exterior de serviços. Os dados que estão sendo divulgados beneficiam o setor privado e instituições de pesquisa com fonte inestimável de inteligência comercial por caracterizar o potencial comercial de mercados antes desconhecidos.

O sistema foi instituído pela Portaria Conjunta RFB/SCS nº 1.908, de 19 de julho de 2012.

Fonte: MDIC – News Brazil Modal – 20.05.2015

____________________________

Reprodução de noticia publicada para conhecimento das Associadas