Oliva também quer melhorar logística e reduzir burocracia

FERNANDA BALBINO

Vencer “as barreiras da burocracia”, avançar na evolução do Porto de Santos, com obras de dragagem no canal de navegação, e ainda garantir uma logística eficiente são as prioridades do novo diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Botelho de Oliva. O engenheiro civil e outros dois executivos assumiram, na tarde de ontem, durante reunião do Conselho de Administração (Consad) da empresa, cargos na direção da Autoridade Portuária.

Botelho assumiu a vaga que foi ocupada por Angelino Caputo e Oliveira por um ano e quase sete meses. Durante sua passagem pela Docas, o ex-presidente destacou o projeto de modernização da gestão da empresa, que ainda está em andamento.

“Nós temos um projeto principal que é o de melhoria da gestão, de governança. Nós acabamos de implantar uma nova estrutura organizacional e, agora, estamos estruturando os processos e isto está em um ponto irreversível. Mas precisa ainda de um apoio institucional, um patrocínio da diretoria para que seja concluído”, destacou Caputo.

Para o presidente do Consad e secretário-executivo da Secretaria de Portos (SEP), Luiz Otávio Campos, a troca de diretoria foi um processo natural. “A gente cumpre etapas. O mandato do presidente acabou ontem (domingo), dia 8. Hoje (segunda-feira,9), um novo diretor vai continuar. Professor da Fundação Getúlio Vargas, já foi secretário-executivo do Ministério dos Transportes, foi da Sunamam (Superintendência Nacional da Marinha Mercante), foi da atividade de navegação a vida toda. Tem mestrado, doutorado, pós-doutorado. É especialista mesmo. A diretoria e todo o conselho elogiaram muito o currículo dele”, afirmou.

Além de Botelho, também foram empossados o novo diretor de Engenharia e o responsável pela área de Administração e Finanças. O primeiro cargo foi assumido pelo engenheiro Antônio de Pádua Andrade, que substitui Paulino Moreira Vicente. O ex-diretor é funcionário de carreira da Docas, mas evitou falar sobre seu futuro na companhia.

O novo diretor de Engenharia é ex-secretário de Viação e Obras Públicas do município de Marabá, cidade a 500 quilômetros ao sul de Belém, no Pará. Graduado em Engenharia Civil, ele tem especialização em Engenharia de Produção e Segurança do Trabalho.

Já para a diretoria Administrativa e Financeira, foi escolhido o engenheiro elétrico Celino Ferreira da Fonseca, que atuava como consultor no Rio de Janeiro. Ele substitui Alencar Severino Costa, que estava no cargo desde 2007. Agora, o ex-diretor de Administração e Finanças está analisando novas possibilidades de trabalho. “Tenho convites, mas não posso sair de uma encrenca e entrar em outra assim tão rápido”, afirmou em entrevista a A Tribuna.

A diretoria da Codesp ainda é formada por outros dois executivos, que assumiram seus cargos no último dia 21 de setembro. Continuam nos cargos Cleveland Lofrano, responsável pela área de Operações Logísticas, e Francisco José Adriano, diretor de Relações com o Mercado e a Comunidade.

Fonte: “A Tribuna.com.br” – 10/11/2015 – 14:00 – Atualizado em 10/11/2015 – 14:01

______________________________

 Reprodução de noticia publicada para conhecimento das Associadas